Maior Denominação de Origem do mundo tem novas regras para seus vinhos

A região de Castilla-La Mancha, na Espanha, é a que possui a maior superfície plantada de vinhedos no mundo inteiro. Com a aprovação do anteprojeto da “Lei da Uva e do Vinho”, essa Denominação de Origem ganhou regras que facilitam e flexibilizam seus processos. Isso permitirá, por exemplo, maior agilidade na aprovação de cultivo de novas variedades de uvas, possibilitando que o setor se adapte ao que demandam os consumidores do mundo.

A lei obriga que seja criado um órgão de gestão para cuidar do controle de qualidade dos produtos da região de Castilla-La Mancha. Essa instituição precisará encarregar-se e garantir que exista como rastrear toda a cadeia vitivinícola da DO. Com isso, as informações das vinícolas poderão ser digitalizadas com a utilização inclusive de QR code no rótulo dos vinhos.

Conheça esses vinhos produzidos na região de Castilla-La Mancha, na Espanha: Cala N.1, Cala N.2, Cala Rey Tinto, Cala Rey Branco, Cala Rey Rosé, El Maso e Tinedo Ja!.