Vinhos do Alentejo criam certificação de produção sustentável

A região do Alentejo, em Portugal, lançou uma certificação inédita de produção sustentável. O novo selo será atribuído aos produtores que cumpram uma série de requisitos de gestão de solos, água e rega, diminuição de produção de resíduos ou monitorização da fertilização, entre muitos critérios para uma prática de produção sustentável e de benefício ambiental.

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) projeta que este selo aumente as vendas dos Vinhos do Alentejo em torno de 5 a 10%. Isso se deve ao fato de que a maioria dos consumidores levam em consideração na hora da compra se a marca em questão está relacionada a causas ambientais.

Esta certificação surge cinco anos após a criação do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), que foi pioneiro no país e revolucionário no setor. O Alentejo é a maior região de vinhos de Portugal e a que mais vende, tanto dentro quanto fora do país.