Uruguai celebra safra recorde de uva em 2020

Os profissionais do vinho do Uruguai estão comemorando os resultados da safra de 2020. O Instituto Nacional de Vitivinicultura do país informou que 159 vinícolas moeram mais de 93 milhões de quilos de uva, safra recorde em quantidade, sendo 10,75% maior que no ano anterior.

Mas os especialistas do país vizinho ao Brasil entendem que a vindima 2020 foi excepcional não somente pela quantidade. Eles afirmam que a qualidade das uvas coletadas foi surpreendente. Os produtores apostam que essa safra ajudará a solidificar a imagem do Uruguai como grande produtor de vinhos no mundo e conquistar novos mercados.

No Uruguai, predomina a uva Tannat, uma casta de origem francesa que, graças ao clima do país, se adaptou perfeitamente ao terroir do país. Originária das áreas de Madiran e Irouleguy, sudoeste da França, a Tannat entrou no Uruguai no último quarto do século XIX, quando os imigrantes começaram a cultivá-la no país.