Espumantes Sur Lie mantém as leveduras na garrafa

A elaboração de espumantes sofreu poucas inovações desde o século XVIII, seguindo o mesmo método de produção. A segunda fermentação, que dá origem às borbulhas, acontece dentro das garrafas. Depois, as leveduras são retiradas, e o espumante é lançado ao mercado.

Nesta década, a novidade são os espumantes sem o degorgement, como é chamada a técnica de retirar as leveduras da garrafa. Eles são chamados de sur lie, ou seja, com as leveduras, no termo em francês. O resultado é uma bebida mais turva e com alguns sedimentos sem sabor.

Este processo confere mais complexidade à bebida e continua a ser realizado, enquanto a garrafa estiver fechada e os restos das leveduras lá dentro. O Casa Valduga Sur Lie e o Íride Miolo Sur Lie Nature são exemplos de espumantes desse tipo disponíveis no mercado.